The Nine Lives of Chloe King S01E04 Full [Legendado]


Uploaded by TheNineLivesofChloe on 25.04.2012

Transcript:
Anteriormente em The Nine Lives of Chloe King...
A sensação que tive quando o vi na igreja
era como se sentisse exatamente o que ele sentia.
Não ficamos juntos desde que a mamãe morreu.
- O que quer dizer? - Muitos pais ficariam felizes
que o filho quer passar algum tempo com eles.
Gosto muito de você e de estar com você...
Se você precisa de tempo, não tenho pressa.
Algo me diz que seremos ótimos amigos.
Sua mãe? Ela é a líder dos Mai?
Desculpe, Chloe, mas sua vida não lhe pertence mais.
Ei! Esperem!
- Está indo muito bem. - Embora ache que um assassino
não a deixaria recuperar o fôlego.
Ao menos nenhum que conheço.
É por isso que estamos treinando.
Mas não pode parar de olhar os obstáculos.
Suponha que estarão lá e improvise.
Supor obstáculos invisíveis. Entendi.
A ordem não dirá quando vai atacar.
Por isso você é uma professora tão boa.
Sempre dando exemplo de utilidade prática.
Acha que ela está pronta?
- Pronta para quê? - Não sei.
Direi que sim, mas só há um jeito de descobrir.
Esperem!
Por que minha opinião não serve para nada?
- Eu acho que não. - Você consegue fazer isso.
Prometo. Volte e tente de novo.
Pare de agir como uma humana assustada.
E se eu for uma humana assustada?
Não, você é Mai. Pare de pensar e comece a usar seus instintos.
Estou usando, e meus instintos dizem que vocês são loucos.
Se Alek consegue, tenho certeza que você também.
Certo.
Normalmente dói menos se você saltar um pouco longe.
Não confiou em si mesma.
Na próxima vez, não terá a mesma sorte.
Não haverá próxima vez.
Vamos, temos muito trabalho a fazer.
UNITED e ManiacSubs Apresentam
Legenda: Zac | Dehast | Lola
Legenda: Luques | Ross
Legende conosco: united@united4ver.tv
S01E04 All Apologies
Bom dia.
Fiz seu favorito... cereal e tigela.
Só precisa servir.
Ótimo... Estava realmente querendo...
subprodutos de milho descongelados?
Pensei que devia aproveitar minha juventude.
O que aconteceu com aquela caixa de bolinhos?
Na barriga da sua mãe, desde às 11 da noite de ontem.
Você não é a única com desejos.
Acho que chegarei mais tarde hoje.
Tudo bem. É quarta-feira.
Jantar "dos amigos", verdade.
Vai ser na casa da Amy essa semana?
Acho que o plano são hambúrgueres.
Já estou com ciúmes.
E, Chloe, o que exatamente estava fazendo ontem à noite?
Encontrei seus jeans no chão
do banheiro com um buraco enorme.
Você me conhece. Criança selvagem...
escapulindo por becos, correndo por telhados.
Tropecei na lixeira que ficava ao lado.
Quantas vezes preciso dizer que aquela área...
O "você está bem?" está implícito como "eu amo você"?
- Sempre está. E estou bem. - Tenha um bom dia.
- Com certeza. - Tem que prometer.
Não pode contar a ninguém.
Os pais do Devon saíram e temos a noite só para nós.
- Mesmo? - Claro.
É, ele está infectado. Sim, doeu.
E sim, minha mãe vai me matar se vir isso.
O técnico disse que 4.9 não vai nem interessar às faculdades.
Vire-se.
Divertindo-se?
Juro que vou amarrar um sino no seu pescoço.
Pare de chegar de fininho.
Talvez tivesse me ouvido se não estivesse tão ocupada.
Não estava fazendo nada. Só estava indo para a aula.
E com ouvidos sintonizados em todas as fofocas?
Então, onde acha que fica a tatuagem?
Ao menos acho que era de uma tatuagem que ela falou.
Não saberia.
É só barulho. Não consigo controlar.
Teremos que trabalhar nisso.
A audição é aumentada para alertar ao perigo.
- Como você? - Como assassinos, executores.
O predador equipado e não humano.
Não está segura só porque parou um homem.
Tem que aprender a controlar seus dons.
Pode ser a diferença entre vida e...
Bem, para você, perder mais uma.
Essa é sua forma elaborada e assustadora
de dizer que tenho treinamento essa noite?
Jasmine te buscará após o trabalho.
Mal posso esperar.
Alguém já disse que você fala muito de perto?
- Só você. - Não é um elogio.
Te vejo mais tarde.
E, Chloe, tenha cuidado.
Qualquer dia vai ouvir algo que não vai gostar.
É a terceira noite seguida que ela fura comigo.
Acho que estou no mercado para nova melhor amiga.
Ei, você.
Está parecendo um trabalhador.
E antes que ache que estou te seguindo,
essa calçada fica entre a escola e o trabalho...
Se eu for pelo caminho longo ao redor do parque
e passar pela Divisadero.
Sim, você não tinha que fazer isso.
- Está bem? - Sim, desculpe.
Estou no meio de um trabalho. Me organizando.
Organização faz bem.
Te mandei uma mensagem ontem à noite sobre o filme.
Sangue, entranhas, partes voando... Estou dentro.
Acho que vamos ter que remarcar.
Meu pai...
Digamos que ele está só sendo meu pai...
E isso é complicado.
Remarcação aceita.
Bem, tenho que ir, ou vou me atrasar.
E há dois minutos, já estou atrasada.
- Até mais. - Até mais.
Sr. Rezza, um pouco do seu tempo.
Meu empregador está muito irritado.
Sinto muito por isso.
A Ordem não existe para suas vinganças pessoais.
Talvez se tivesse escutado quando tentei alertar...
Os Mai agora sabem da existência da garota.
Os planos estavam em ordem,
mas agora ela está sendo protegida.
Seu envolvimento não é mais necessário.
Nos livraremos da garota.
- Esperando uma ligação? - Estou mais torcendo por uma.
Disse a Brian que só podemos ser amigos.
E pensei que ele concordava, mas...
Estava sendo sarcástica.
Fico feliz que tenha percebido.
Minha amiga Jasmine virá antes das 18h e estava pensando...
Se você podia ficar até o fim do seu turno, para variar?
É como se você lesse mentes.
Vintage. Lana.
Espere um segundo.
Paul.
Vem hoje à noite, certo?
- É minha vez de escolher. - Claro.
Nunca perderia um jantar com os meus melhores amigos.
Então, está tudo bem,
sabe, entre nós?
Paul?
Para ser sincero, me sinto um pouco magoado.
Embora entenda que infelizmente há várias ocorrências
quase racistas no universo de revistas em quadrinhos
de asiáticos sendo mostrados como nerds serventes
ou simplesmente muito bons em kung-fu,
- não sou nada dessas coisas. - Do que está falando?
Por que não me pediu para ser seu parceiro?
- O quê? - Seu parceiro.
Seu parceiro, seu confiável, leal confidente.
Você, meu amigo, já é todas essas coisas.
- Sério? - Sério.
A não ser que te veja de cueca. Aí não será mais.
Essa conversa acabou.
Chloe!
O que foi?
Não sei. Por um segundo eu só...
Me senti completamente aterrorizada.
- Ela não é tão assustadora. - Não.
Foi como se eu sentisse o que ela está sentindo.
Ela que está aterrorizada.
Seja qual for essa coisa de sentidos que você tem...
Talvez seja hora de dar uma ajustada.
Mas nem sei o que é.
Então está dizendo que pode ler mentes?
Não, não sei o que estão pensando.
Sinto o que sentem no nível emocional.
Mas não consigo controlar. Só acontece.
Essa é a parte que você diz "Sim, sinto isso toda hora.
É uma coisa dos Mai, não é nada demais".
Desculpe, nunca ouvi falar de nada do tipo.
Ótimo, então meu poderes vieram com dose extra de esquisito.
Essa Chloe, sempre fazendo mais.
Chloe, não acho que seja algo para se preocupar.
Mas se te fará sentir melhor, podemos falar com minha mãe.
Algum de vocês é "Lana Jacobs"?
Não, desculpe. Ela foi embora há uma meia hora.
Acho que é por isso
que as instruções dizem para entregar às 16h.
Precisa que eu assine algo?
Gostaria que pudesse, mas são bolinhos,
e essas coisas estragam bem rápido.
E existe um Deus.
Eles incluíram o endereço da casa.
Rua Arden, número 411.
Ela se mudou há umas duas semanas.
Vou anotar para você.
Obrigado, ajuda muito.
Acho que ela pode usar um pouco de animação.
Aqui está.
Certo. Tenha um bom dia.
- O que é isso? - Chloe!
Qual o seu problema?
Não faço ideia.
Foi como se estivesse possuída. Assim que ele me tocou.
Senti essa enorme, gigantesca onda de raiva.
Não sei outra forma de descrever.
- Deve ter sido tão assustador. - Para mim e para ele.
Ele só foi embora, quis ir atrás dele, mas Jasmine...
Estava certa em te trazer a mim.
Nesse momento, ele é o menor de seus problemas.
Há algo de errado comigo, Valentina.
Muito errado.
Acho que se Jasmine não estivesse lá,
eu poderia ter matá-lo.
E talvez teria.
É de extrema importância que aprenda a controlar isso.
Como vou controlar isso quando nem sei o que é?
Valentina?
Sabe o que a palavra "empatia" significa?
Sim, é como quando um amigo está mal e se sente mal por ele.
Perto.
Empatia é diretamente experienciar as emoções
de outra pessoa.
Você, minha querida, é uma empata.
Porque ser Mai e o Unificador não era o suficiente?
Mais provável que tenha esse dom por ser o Unificador.
Algumas lendas antigas dizem
que os Mai já puderam fazer isso.
É o que nos ligava aos humanos.
Não é surpreendente que possua essa qualidade.
Você é a representação de tudo que é Mai.
Então se eu tentasse com você agora...
Não, é algo que só acontecia entre Mai e humanos.
Mas nem funciona direito.
Pensei que Lana estava com medo e ela estava rindo.
E o cara da entrega estava talvez meio irritado,
mas ele certamente não queria matar ninguém.
Sei que não quer ouvir isso,
mas talvez deva limitar seu contato com humanos.
O que vou fazer? Ignorar minha família e amigos?
Não estou dizendo para sempre. Só até entendermos melhor.
Meus amigos! Sabe que horas são?
- Chloe. - Tenho que ir.
Coisas ruins já aconteceram hoje,
não preciso de mais uma.
Vá.
Desculpe, de verdade.
Então, acho que gatos não sabem olhar o relógio.
Amy, não vai acreditar o que aconteceu.
Jasmine contou o que está havendo com sua mente?
Já comeram?
É o que fazemos quando saímos para jantar.
- Por favor não fique assim. - Assim como?
Podemos voltar à parte sobre os poderes?
Não.
Sei que tenho decepcionado vocês ultimamente,
mas não falou sério
quando disse que está no mercado
para nova melhor amiga, quis?
Quem te disse isso?
Não acredito que contou a ela.
Não foi Paul. Eu só ouvi. Desculpe.
Minha audição não está sob controle ainda.
O que mais tem ouvido?
Já ouviu falar sobre invasão de privacidade?
Amy, você está perdendo o foco.
Não, eu entendo.
Primeiro, não quis mesmo dizer aquilo.
E segundo, acho que agora, talvez sim.
A Chloe que conheço jamais faria algo assim
ou trataria os amigos desse jeito.
Tenho que ir. Prometi não chegar tarde.
- Que parceria. - Ela é minha carona.
Oi, querida. Desculpe o atraso.
Dia louco. Como foi o jantar?
- Não cheguei a tempo. - Mesmo?
Pensei que quartas fossem sagradas.
Vai me encher o saco agora também?
Não, estou muito cansada para encher o saco de alguém.
Desculpe. Só me sinto como se...
Já teve um daqueles dias
que se sente um pouco fora do controle?
Frequentemente.
- Quer conversar? - Amy está brava.
Com raiva.
Amy está brava comigo por motivos que só ela sabe.
Ela não está acostumada a esperar na fila.
Tem passado muito tempo com seus novos amigos.
E agora você parece ela.
Não é como se ela e Paul fossem grudados pela cintura.
Talvez esteja passando por um período de ajustes.
À medida que as pessoas crescem, às vezes...
Não termine essa frase.
Ela é minha melhor amiga.
Então não sei direito do que estamos falando.
Você não entende.
Não, parece que não entendo.
- Há algo mais te perturbando? - Não.
- Por quê? - Só uma sensação.
Mas já que não parece estar a fim
de contar segredos ou procurar sabedoria de mãe,
vou parar de falar e ir dormir.
Mas se mudar de opinião,
estarei disponível novamente de manhã.
- Boa noite. - Boa noite.
Olhe, sei que pedi ajuda,
mas são 600 estações de rádio no ar ao mesmo tempo.
Nunca vou conseguir controlar.
- Escolha uma. - Não consigo.
- Faça o que te digo. - Acho muito suspeito.
Não ache. Feche os olhos.
Está tão alto.
Alô?
Ignore. Ouça sua respiração...
o ar entrando e saindo do seu corpo.
Leve o seu tempo.
O resto do mundo não importa.
Só há eu e você.
Consegue ouvir o relógio? No topo da torre.
- Alek. - Você consegue.
Consigo ouvir.
Há uma mulher no mercado negociando com o vendedor.
Certo, que tal 2 por 50,00?
Agora faça tudo sumir.
Você controla o mundo à sua volta.
- Não sei. - Ouça meu coração batendo.
Só isso...
E nada mais.
Funcionou?
Sim... funcionou.
Obrigada.
- Chloe está por aqui? - Ainda não.
Pensei que ela sempre estivesse aqui pela tarde.
Eu e você também.
Bem, pode dizer a ela que...
Firme e pronto.
Esqueça.
Eu ligarei para ela. Obrigado.
Desculpe. Fiquei até tarde por causa de uma aula.
Seu carinha acabou de sair.
- Brian? - Chloe.
Nós precisamos conversar.
O que aconteceu aqui ontem?
- Você soube disso? - Eu soube e de alguma forma
ele acha que eu mandei que fizesse aquilo.
O cara da entrega?
- Por que ele pensaria isso? - Que cara da entrega?
Quantos caras você bate aqui?
- Estou falando do Jesse. - Você o conhece?
Gostaria de não ter conhecido, mas sim.
Ele é meu ex.
Sinto muito. Ele nunca disse que te conhecia,
e ele tinha seu endereço errado, então...
Espere. Foi você quem deu a ele meu novo endereço?
Estava tentando ajudar.
Ele é o motivo pelo qual me mudei.
Desculpe, eu não sabia.
Chloe, isso foi uma grande mancada.
Ele nunca me deixará em paz agora.
Ele é o motivo de estar assustada, não é?
Como assim? Não é da sua conta.
Mas estou certa, não estou?
Sério, estou te avisando. Esqueça isso.
Lana, tem que fazer algo. Posso te ajudar.
Sabe o que me ajudaria? Pegar suas coisas e dar o fora.
- Estou falando sério. - Eu também.
Chloe, está demitida.
Não fazia realmente sentido até aquele momento.
Parece animada para quem foi demitida.
Não, não percebe? Significa que eu estava certa.
O que senti sobre Lana estava certo.
Ainda é estranho, mas não errado.
Isso vai fazê-la se sentir melhor.
Coisas "Bo".
Cassetete, iodo.. Acho que estamos prontas.
Eu não deveria ter algo para lutar?
Não.
Lição dessa noite: Defesa.
Às vezes a melhor forma de tomar um golpe
- é não estar presente. - Certo, garota maluca e ninja,
não cansa de me bater com as coisas?
O tempo todo, mas minha mãe me deu a tarefa de te treinar.
Mas e se eu trabalhar a "defesa" em uma frase
e fingir que fui golpeada na cabeça quando vê-la?
Aí poderemos pular isso?
E o que quer fazer em vez disso?
As colheres estão na gaveta de cima.
Jesse deve ter ligado para Lana naquela tarde
quando tive o pressentimento sobre ela.
Por isso estava tão chateada.
Se está andando pela cidade fingindo ser entregador
para conseguir o endereço dela, maluco total, não é?
Muito bom.
Você disse que os Mai estão sempre me observando,
sabe, para ter certeza de que estou segura.
Alguns deles podem ficar de olho na Lana, ao invés?
Chloe, a Lana pode se cuidar.
Estou mais preocupada...
Com o quê?
Acho que minha mãe não foi completamente sincera com você.
Não foi só aquele cara estranho da cicatriz no rosto.
A Ordem está de volta.
Estão em São Francisco. Estão aqui por sua causa.
Eu só fiquei preocupada.
E agradeço por isso.
Sei que não era essa a vida que você esperava.
Não é tão ruim.
É ruim se eu comer um pouco de cada?
Nem um pouco.
Eu teria que adivinhar do que você gosta.
- Não precisava fazer isto. - Eu sei,
mas quero me desculpar por ter sido rude no outro dia.
Você não foi rude.
Minha cabeça estava em outro lugar.
- Acredite, não tem problema. - Não, tem sim.
Tivemos aquela conversa de sermos amigos,
e estou de acordo com isso.
A verdade é que não tenho amigos aqui,
e não tenho ninguém para conversar.
Pode conversar comigo.
Eu sei.
Isso é...
É a razão pela qual eu voltei para casa.
O que ela abre?
Acho que um cofre de depósito,
mas ainda não consegui descobrir onde.
Minha mãe foi supostamente morta...
em um assalto que deu errado.
Mas algumas coisas nunca fizeram sentido para mim.
Sempre senti que meu pai não contou a história inteira.
Mas onde arranjou a chave?
Ela apareceu na faculdade
cerca de um mês atrás com um bilhete junto.
"Você realmente sabe o que houve com sua mãe?"
No início pensei ser alguma brincadeira,
mas percebi que não tenho certeza.
Então agora estou aqui...
e ficarei até descobrir.
Estou feliz por ter me contado.
Eu também. Me senti bem falando sobre isso.
Vem me incomodando há anos.
Acho que senti que tinha que fazer algo sobre isso.
Conheço a sensação.
Lana!
Lana, você está bem?
- O que está fazendo aqui? - Contou a eles sobre Jesse?
- Por que eu faria isso? - Lana, só pode ter sido ele.
Só quero mesmo que ele vá embora.
- Tem que dizer à polícia. - Dizer o que a eles?
Que você acha que algum cara que não entendeu
"não quero te ver nunca mais" invadiu a loja?
Para quê? Me dar uma lição?
Ele pode ser um babaca com sérios problemas de controle,
- mas não é violento. - Do que chama isso?
Não sei. Minha chefe vai me matar.
Estava na esperança de que se eu o ignorasse...
Isso já é vergonhoso o bastante.
Por favor, me deixe resolver isso sozinha.
- Lana. - Sou crescida, Chloe.
Posso me virar sozinha.
O que está acontecendo? Está tudo bem?
Não, não está tudo bem.
Lana...
O ex dela está aterrorizando-a.
Tenho certeza que ele invadiu a loja.
Então você estava certa.
E tivemos alguma dúvida sobre isso?
Apenas tenho que descobrir o que fazer.
Talvez você deva ligar para Alek e Jasmine.
Tenho certeza que podem ajudar a melhorar tudo.
Amy, desculpe...
Não, não vou dizer,
porque estou cansada de me desculpar.
Você disse que a Chloe que conhece
nunca faria isso ou agiria assim.
Novidades: Não sou mais a velha Chloe.
Podemos fingir que ainda sou, mas todos sabemos que não.
Você sempre foi minha melhor amiga.
E se depender de mim, sempre será.
Mas tem que me aceitar do jeito que sou agora,
com falhas, unhas afiadas e tudo mais.
Se não conseguir, vou entender.
Não ficarei feliz, mas entenderei.
E na próxima vez que ficar com ciúmes
do tempo que passo com Alek e Jasmine,
tente lembrar de que só estou fazendo
para não ter que morrer novamente.
Olá de novo.
- Sabe que a polícia está perto. - Ligue para eles.
Adoraria contar como me atacou
- sem motivo algum. - Fique longe dela.
O que acontece entre eu e Lana não é da sua conta.
Mas se você não parar de se intrometer,
me certificarei de que você é meu problema.
Não seja idiota.
Se ele se aproximar de novo, vou arrancar os pulmões dele.
Que tal mantê-lo longe de Lana?
Chloe, sei que você já foi avisada.
Essa briga não é sua.
Precisa entender suas prioridades.
Não posso virar as costas.
Não há mais nada que possa fazer.
Agora por favor, vá para casa.
- Mas Lana... - Você a ouviu.
Ela sabe se cuidar.
Pare de me vigiar.
Sabe que não posso fazer isso.
Meu Deus.
Chloe, por que não me disse o que estava acontecendo?
Eu não tinha certeza até agora.
Agora que tem, vai ficar bem longe de tudo isso.
- Mas, mãe... - Não, acho que não sabe
o quanto esse cara pode ser perigoso.
Se Lana não chamar a polícia, eu chamarei.
Mas e se isso piorar tudo?
Os problemas raramente somem quando não se faz nada.
É isso que a tem perturbado, não é?
O quê?
Eu sabia que havia algo com você.
Eu só não sabia o que era.
Como soube?
Encare isso, garota, somos ligadas.
Você fica mal ou triste, eu fico mal ou triste,
mesmo que eu não saiba a razão.
Nem mesmo posso evitar.
Acho que significa que é empática.
Não, significa que sou sua mãe.
Sabe, não precisa passar por tudo isso sozinha.
Nós, você e eu, somos um time.
Obrigada.
Vamos lá, time.
Acha que Lana ficará bem?
Sinceramente, não sei.
Espero que sim.
E sei que quer ajudar, mas agora depende da Lana.
Ela já sabe que tem seu apoio.
Mas a vida é dela. Ela precisa assumir o controle.
Não sei se é sempre fácil assim.
- O que pensa que está fazendo? - Nada.
Só à toa, com esperança de dar uma olhada no velho.
Percebi que a foto de mãe não está aí mais.
Às vezes é melhor não viver no passado.
Era difícil ver seu rosto sorridente
me olhando todo dia como se nada ruim tivesse acontecido.
Guardo aquela com nós três,
naquele verão no barco. Guardo ao lado da minha cama.
Foi uma ótima viagem.
Talvez possamos ir de novo.
E finalmente pegar aquele peixe.
Seria bom sairmos juntos qualquer dia desses.
Estou feliz que esteja em casa.
Obrigado. Eu também.
Oi, Lana, sou eu de novo.
A quinta mensagem, mas estou preocupada.
Então, me ligue, por favor?
- Amy? - Antes que diga algo,
tinha razão e eu estava errada.
Estava sendo um amiga ruim. Tive medo de perder você.
- Amy... - Só vi meu lado.
Nem tentei ver as coisas do seu ponto de vista.
- Amy? - O quê?
Preciso de você. Pode vir para cá?
Estou aqui fora, no meu carro, esperando seu perdão, boba.
Você que disse para irmos rápido para não sermos seguidas.
Estou quase certa que os despistamos.
Amy, não é a melhor hora, mas estou muito...
E podemos fazer as pazes e nos perdoarmos
- depois que checar a Lana. - Só quero vê-la.
Se os vir chegando...
Você está na discagem rápida. Agora vá.
Eu não te disse que podia vir aqui.
Não tem que me dizer nada.
Posso fazer o que quero, e quero falar com você!
Cansei de falar disso. Vamos!
Não vou a lugar nenhum.
Lana!
Lana!
Eu te disse para ficar fora disso.
Eu disse para ficar longe dela.
Entendo por que Lana terminou com você.
Você não só é um idiota sarcástico,
como também é meio lento.
Normalmente eu pediria desculpa,
mas decidi parar com isso hoje.
É hora de alguém lhe ensinar boas maneiras.
Com certeza não é você que fará isso.
- Você está bem? - Sim. E você?
Muito melhor. Obrigada.
Imagino que isso significa que preciso devolver seu emprego.
Aquele deveria ser a minha função.
Eu devia ter ido lá, não ela.
- Sem querer ofender. - Não me ofendi.
Só há um problema.
- Qual é? - Você não tem carro.
Te procuramos por toda parte.
Estava aqui esperando vocês.
Não temos que treinar nada?
E não deixe as coisas importantes de fora.
Chloe precisa aprender como se proteger.
- É o que temos tentado... - Ele não tem carro.
Vamos. Te ligo depois.
Quem é você?
Como entrou aqui?
Ele é muito bonito. Se parece muito com você.
Não devia deixar armas por aí na casa.
É muito perigoso.
Só queria que soubesse que se tocar na garota...
que sei onde encontrá-lo e seu filho.
Saia da minha casa.
Lembre-se, se nos veremos ou não de novo,
depende totalmente de você.
- Você aprende rápido. - Ótimos professores.
Apesar que uns são melhores que outros.
Nem um pouco. Provocar é meu ponto forte.
Sou bom nisso.
O que acha?
Chloe, não, é muito longe.
Veremos.
- Chloe! - Não faça isso!
Soube que está se arriscando sem precisar.
Eu sabia que podia dar aquele salto.
Me referi a esta tarde com sua amiga.
Aquilo poderia terminar muito diferente.
- Era importante para mim. - Entendo.
Seus amigos humanos são importantes para você.
E eu faria de novo.
Vive me dizendo para seguir meus instintos.
Foi o que fiz.
Posso nem sempre entendê-los,
mas preciso aprender a confiar neles.
Sei que posso não ser o tipo de Unificador que espera,
mas sou a que tem.
É exatamente do tipo que esperávamos.
Talvez seja a hora de Mai e humanos
deixarem de viver em mundos diferentes.
Não vai ser fácil, Chloe.
Tanta esperança e tanto medo em uma só garota.
Goste ou não, o mundo todo virá atrás de você.
Então deixe que venha.
UNITED e ManiacSubs Quality is Everything!